Audiência Pública sobre Marketing Multinível no Congresso foi Muito Positiva

marketing_multinivel

Olá Pessoal, ontem dia 21/08/2013, foi realizada em Brasília na câmara federal uma audiência pública para debater o mercado de Marketing Multinível no Brasil.

O Debate foi muito positivo pra o Marketing Multinível com exceção de alguns pontos. Certos ignorantes presentes na audiência, nos mostra como o setor esta sendo julgado por pessoas que não tem o mínimo conhecimento e sequer estudam sobre o assunto.

Sendo assim, O debate sobre Marketing Multinível, levantou polêmica sobre a paralisação de algumas empresas de Marketing Multinível.

Com posicionamentos divergentes, deputados puderam iniciar um debate que deve, ao menos, servir como base para o início da elaboração de uma marco regulatório sobre a atividade no Brasil.

Se posicionando de forma contrária as atividades da Telexfree e BBOM, o deputado Silvio Costa (PTB-PE), que aliás me da vergonha, indignação e nojo, saber que em meu País existam políticos dessa qualidade, que mal sabem falar, disse que queria saber qual a lógica mercadológica que as empresas bloqueadas pela justiça usaram para que se alcance os lucros prometidos.

Veja a fala desse deputado, lamentável “Eu sou analfabeto. Não sei o que é Voip, não consigo pegar esse VOIP. Eu falei que se as empresas me provassem sua legalidade eu seria favorável, até mesmo por a juíza do Acre no CNJ. Mas até agora, eu estou literalmente convencido do contrário, desculpa a franqueza. Eu queria saber qual a lógica mercadológica que as empresas usaram”, questionou.

Para o deputado Lourival Mendes (PT do B – MA), o que mais chama atenção seria o fato de que as empresas foram bloqueadas sem que qualquer prova pudesse ter sido apresentada, não só para ele NE, para todos nós, esse é o grande problema. “Até agora eu não vi onde estão os inquéritos com as referidas investigações. Nós estamos condenando antecipadamente, sem que se prove a evidência do fato delituoso. Quero uma cópia do relatório que apurou os delitos” argumentou.

A Polícia Federal que é parte envolvida, já que esta investigando as empresas não participou nem sequer enviou um representante para a audiência.

“Se eu fosse acreditar na mídia eu iria procurar hoje aqui dois bandidos: Bandido João Francisco e Bandido Carlos Costa. Mas bandidos fogem, não se apresentam como está ocorrendo aqui hoje. Esperamos que a justiça seja feita e não que milhares de brasileiros sejam penalizados”, disse o deputado Pastor Eurico (PSB-PE).

O judiciário e o governo do Acre foram citados. Parlamentares chegaram a afirmar que no Acre de cada 5 eleitores 1 estaria envolvido com Marketing Multinível somente porque o Estado não tem geração de renda e a economia estaria quebrada o que é uma grande verdade.

Carlos Costa da TelexFree e João Francisco da BBOM estavam presentes e se defenderam muito bem, mostraram suas posições e foram apoiados pela maioria presente.

Deputados Federais prometeram a criação de uma frente parlamentar para apoiar as empresas de marketing multinível (MMN) e criar um marco regulatório para o setor.

Farão parte da frente parlamentar, inicialmente, os deputados Perpétua Almeida (PC do B-AC) e Acelino Popó (PRB-BA). O grupo será responsável pelo marco regulatório.

Popó defendeu abertamente as empresas acusadas de serem pirâmides.

“A minha ideia é defender as pessoas que entraram nas redes, que as pessoas continuem nas redes se dando bem e recebam, afirmou Popó. “Se fosse realmente pirâmide, essas pessoas estavam escondidas como aconteceu com nos casos da Avestruz máster e Boi Gordo, dois casos conhecidos de pirâmides financeiras.

Segundo Popó, a frente parlamentar já conta com o apoio de pelo menos outros quatro deputados.

A deputada Perpétua considerou “precipitado” o bloqueio de Telexfree e BBom, mas ressalvou que a frente parlamentar será em defesa “da regulamentação do marketing multinível”.

Enfim, acho que vivemos um momento de mudança no marketing multinível e certamente bons ventos virão, muito em breve. Ano que vem temos eleições parlamentares, pensem muito bem em quem votar, analisem suas propostas e sua capacidade. Vamos eleger políticos que reflitam nossas necessidades e anseios.

Abraços e Sucesso,

Bruno Coelho

Leave A Response

* Denotes Required Field